CBHTO

Área de Abrangência | Lontra e Corda

História do comitê

As bacias dos rios Lontra e Corda estão inseridas no sistema hidrográfico do rio Araguaia, na Região Norte do Estado do Tocantins, entre as seguintes coordenadas geográficas:

06º18’00” e 07º31’12” de latitude sul;

47º49’12” e 48º38’24” de longitude oeste.

O Lontra e o Corda, após drenar, respectivamente, áreas de 3.870 km2 e 3.484 km2, contribuem à margem direita do rio Araguaia, já no seu curso inferior, na Região Norte do Estado do Tocantins. As bacias hidrográficas vizinhas são a do rio Piranhas, ao norte, a bacia do rio Muricizal, a oeste, e a bacia do rio Tocantins, ao sul e a leste. O rio Lontra apresenta suas nascentes a oeste da serra dos Cavalos e ao norte da serra do Estrondo, em áreas do município de Araguaína, desenvolvendo-se no sentido geral Sudeste-Noroeste para contribuir, depois de percorrer cerca de 200 km, à margem direita do rio Araguaia, entre Araguanã e Xambioá. Pela margem direita, os principais afluentes do rio Lontra são o córrego Cuia, o ribeirão Jacuba, o ribeirão Brejão, o córrego Curiti, o córrego Ouro Fino e o córrego Gameleira. Pela margem esquerda, os principais afluentes são o rio Pontes, o ribeirão Gurguéia, o ribeirão João Aires e o ribeirão Boa Sorte.

O rio Corda nasce ao norte das serras da Correntinha e do Cercado Grande, em áreas do município de Wanderlândia, apresentando o mesmo sentido geral de desenvolvimento descrito para o rio Lontra (Sudeste-Noroeste). Após percorrer cerca de 135 km, contribui à margem direita do rio Araguaia, servindo de divisa aos municípios de Xambioá e Ananás. Pela margem direita, os principais afluentes do rio Corda são os córregos Canoa e Grotão, o ribeirão da Faca, o ribeirão dos Porcos e o ribeirão Tapuio. Pela margem esquerda, destacam-se o ribeirão das Lages e o ribeirão Lago Grande.

Os 12 (doze) municípios abrangidos total ou parcialmente pelas bacias do Lontra e do Corda são relacionados a seguir:

  • Ananás;
  • Angico;
  • Aragominas;
  • Araguaína;
  • Araguanã;
  • Babaçulândia;
  • Carmolândia;
  • Darcinópolis;
  • Piraquê;
  • Riachinho;
  • Wanderlândia;
  • Xambioá.
CBH dos Rios Lontra e Corda

Paralelamente à identificação, coleta e sistematização da informação hidrológica disponível, foi procedida à discretização das bacias do Lontra e do Corda em diversas sub-bacias que servem como referência espacial para o Plano. Tomando-se como parâmetros o relevo, a hidrografia e o uso do solo relacionados com o consumo de recursos hídricos, bem como a rede de observação hidrometeorológica existente, dividiram-se as bacias hidrográficas dos rios Lontra e Corda em sub-bacias, que foram adotadas como unidades de análise para fins dos estudos de disponibilidades, demandas e balanço hídrico. A divisão das bacias baseou-se, entre outros aspectos, na topologia da rede de drenagem, na existência de postos fluviométricos, na existência de reservatórios, nas características predominantes da ocupação do espaço geográfico, procurando-se obter um número de sub-bacias compatível com os mapeamentos e com as avaliações que serão elaborados.